ANIMAIS

Animalia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Este artigo ou secção contém uma lista de fontes, mas estas não são citadas no corpo do texto
Você pode melhorar este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Nota: Para outros significados de animal, ver Animal (desambiguação).

Como ler uma caixa taxonómica

Animais

Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
(Linnaeus, 1758)
Filos

Subreino: Protozoa(caiu em desuso) Subreino Animalia Incertae sedis
    Vendozoa
    Sclerotoma

Subreino: Parazoa
    Porifera
    Archaeocyatha
Subreino: "Agnotozoa"
      Placozoa
      Orthonectida
      Rhombozoa
Subreino: Metazoa ou Eumetazoa
      Myxozoa
  Radiata
      Cnidaria
      Conulariida
      Ctenophora
  Bilateria
   Protostomia
      Acoelomorpha
      Platyhelminthes
      Nemertina
      Gnathostomulida
      Gastrotricha
      Micrognathozoa
      Rotifera
      Priapulida
      Kinorhyncha
      Lobopodia
      Loricifera
      Acanthocephala
      Entoprocta
      Nematoda
      Nematomorpha
      Cycliophora
      Mollusca
      Sipuncula
      Annelida
      Tardigrada
      Micrognathozoa
      Xenoturbellida
      Vetulicolia
      Onychophora
      Arthropoda
      Phoronida
      Ectoprocta
      Brachiopoda
      Chaetognatha
   Deuterostomia
      Echinodermata
      Hemichordata
      Chordata
      Conodonta
      Vetulicolia

O reino Animalia, Reino Animal ou Reino Metazoa é composto por seres vivos multicelularas cujas células formam tecidos biológicos, com capacidade de responder ao ambiente que os envolve ou, por outras palavras, pelos animais. Ao contrário das plantas, os animais são heterotróficos, ou seja, buscam no meio onde vivem seu alimento, como plantas e outros animais para sobreviverem. A maioria dos animais possui um plano corporal que determina-se à medida que tornam-se maduros, e, exceto em animais que metamorfoseiam, esse plano corporal é estabelecido desde cedo em sua ontogenia quando embriões. Os gametas, na maioria dos casos, quando constituem a linhagem germinativa, são produzidos em órgãos externos, cujas células, com exceção das esponjas, não participam da reprodução.

O estudo científico dos animais é chamado zoologia. Tradicionalmente, a zoologia estudava todos os seres vivos com as características descritas acima mas, atualmente, como resultado de estudos filogenéticos, consideram-se os Protista como um grupo separado dos animais.

Coloquialmente, o termo "animal" é freqüentemente utilizado para referir-se a todos os animais diferentes dos humanos e raramente para referir-se a animais não classificados como Metazoários (veja "Metazoa" a seguir). A palavra "animal" deriva do Latim anima, no sentido de fôlego vital, e veio para o Português pela palavra em latim animalis. Animalia é seu plural.

Índice

[esconder]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s